Greenwashing: a empresa cumpre o que promete?

Greenwashing: a empresa cumpre o que promete?

Quer saber mais sobre o Projeto Verde? Confira nosso e-book!

No contexto atual em que vivemos, com fake news se propagando e a sustentabilidade cada vez mais em pauta, é cada vez mais comum que as empresas utilizem do tema para se promover. Porém, como saber se aquela marca ou empresa realmente é sustentável?

O apelo comercial para a sustentabilidade sem realmente promover ações em prol do meio ambiente é conhecido como Greenwashing (lavagem verde). Se tratando de uma técnica de manipulação em que a empresa transforma, minimiza ou disfarça o impacto negativo causado no meio ambiente por ela através de propagandas relacionadas ao meio ambiente buscando uma boa imagem perante a opinião popular.

Contraste da poluição com a natureza

6 exemplos de Greenwashing no Brasil

Famoso pela sua vasta natureza, o Brasil possui diversos casos de Greenwashing de marcas e empresas famosas que buscaram se promover como “verdes”, mas que a realidade não é bem assim. Conheça alguns exemplos:

  • Fósforo Fiat Lux: apesar de que possuía em sua embalagem a frase “100% madeira reflorestada”, não havia nenhum selo, como FSC, IBD, PROCEL, Ecocert ou ISO 1402. Assim, a empresa foi acusada de Greenwashing, por se utilizar de uma autopromoção sustentável sem merecer o título;
  • Carrefour: após uma pesquisa realizada pela Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) em 2016, com base nas normas ISO, constatou-se que as embalagens de guardanapos do Carrefour continham informações verdes falsas, caracterizadas como Greenwashing;
  • Personal e Cotton: na mesma pesquisa realizada pela Proteste em 2016, constatou-se que as embalagens de papel higiênico das marcas Personal e Cotton continham informações verdes sem provas.
  • General Motors: em 2017, associou alguns motores ao nome “Eco”, com a promessa de melhorar a emissão de gases poluentes. No entanto, não houve comprovação que os motores realmente cumpriam a promessa, resultando em uma advertência da Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária);
  • Fiat: Assim como a General Motors, recebeu uma advertência da Conar em 2017. Porém, a prática de Greenwashing se deu pela publicidade de um pneu intitulado “Superverde”. O pneu prometia uma alta durabilidade e um baixo consumo de combustível para o carro. Mas, após denúncias da Proteste, constatou-se que a produção, uso e descarte do pneu não cumpriam a promessa, assim as publicidades precisaram ser alteradas;
  • Bombril: em 2013, sofreu uma denúncia da Proteste por utilizar o termo “100% ecológico” na embalagem. Apesar de que era realmente biodegradável, em sua produção eram gerados diversos impactos ambientais. Dessa forma, recebeu uma advertência da Conar para que retirasse a frase destacada da embalagem.

Como evitar o Greenwashing?

Para evitar o greenwashing, há algumas dicas que você pode estar utilizando. Contudo, é importante, a princípio, buscar entender o que é sustentabilidade e questionar as ações que se relacionam com ela. Ademais, é necessário:

  1. Utilizar certificações verdadeiras de empresas sérias, que comprovem que a empresa tem comprometimento com o meio ambiente e promovem ações sustentáveis. Alguns exemplos são: FSC, IBD, PROCEL, Ecocert e ISO 14021;
  2. Comunicar-se de maneira assertiva, de forma a não transparecer uma imagem errada de sua empresa, usando palavras e figuras que não sejam confusas;
  3. Divulgar de maneira justa e correta todas as informações e dados que demonstrem as ações sustentáveis da sua empresa;
  4. Garantir que todos os processos envoltos no trabalho da sua empresa sejam sustentáveis, de modo a realmente estar contribuindo com o meio ambiente.

Como diferenciar um bom marketing verde de Greenwashing?

É comum que as empresas atualmente estejam cada vez mais promovendo o Marketing Verde, como por exemplo promover o consumo sustentável de maneira correta ou utilizar produtos biodegradáveis de maneira constante, a fim de passar uma ideia positiva sobre os seus serviços e atrair consumidores que se preocupam com o meio ambiente e com a sociedade. Isso tem contribuído muito para que cada vez mais ações sustentáveis sejam colocadas em práticas, o que é um ponto muito positivo do marketing verde. Mas como saber diferenciá-lo do greenwashing?

O marketing verde acaba trazendo muitos benefícios para o meio ambiente

É importante perceber que, um marketing verde de qualidade é normalmente bem planejado e transparente com o público, a fim de que seja possível ver veracidade das informações e ações divulgadas. 

Muitas vezes, o greenwashing é caracterizado por apresentar apenas o resultado final de alguma ação sustentável, e não todo o processo e metodologia envoltos nela. Isso faz com que haja uma brecha para um consumo exacerbado de recursos ou então liberação de resíduos prejudiciais ao ambiente na elaboração do produto oferecido pela empresa.

Essas ações ocultas não ocorrem em um bom planejamento de marketing verde, o que faz com que seja uma ótima maneira de diferenciar os dois. Outra maneira também é analisar se todas as informações estão sendo disponibilizadas de maneira clara ao consumidor, a fim de que não fiquem dúvidas acerca dos benefícios de utilizar o produto adquirido. Procure pesquisar mais acerca do produto que você consome para obter mais informações sobre ele e assim conseguir distinguir um bom marketing verde de um possível greenwashing.

Neutralização do Carbono

Uma ação bastante utilizada como estratégia de marketing verde é a neutralização de carbono, que consiste em calcular o total de gás carbônico (principal contribuinte do aumento do efeito estufa) liberado na atmosfera a partir das ações de uma empresa e, a partir desses dados, realizar um plantio de mudas de árvores que irão, eventualmente, retirar esse mesmo gás carbônico da atmosfera, através do seu processo de fotossíntese. 

O plantio de mudas promove a neutralização do carbono

Dessa maneira, empresas sérias e realmente preocupadas com o meio ambiente desenvolvem a neutralização do carbono de maneira a deixar claro todo o processo de realização dos cálculos e plantio de árvores, divulgando os dados obtidos e realizando a transparência de maneira assertiva, diferenciando-se assim de um greenwashing.

Ficou interessado na neutralização de carbono? A Química Jr oferece ela através do nosso Projeto Verde, que traz muitos benefícios a sua empresa, a sociedade e ao meio ambiente. 

Além disso, a Química Jr também oferece outros produtos que ajudam a sua empresa a promover um bom marketing verde, através do desenvolvimento de produtos naturais, podendo eles serem biodegradáveis e/ou veganos. 

O P&D da Química Jr ajuda a trazer impactos positivos para a sociedade e para o meio ambiente

Quer saber mais sobre o nosso processo de Pesquisa e Desenvolvimento de novos produtos? Ou sobre o nosso Projeto Verde? Venha falar com a gente, basta clicar aqui!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Últimos Artigos