Meio Ambiente e Vida Sustentável

Como a Indústria do plástico pode ter uma pegada Verde

Ultimamente o resíduo plástico vem cada vez mais preocupando cientistas, ainda de acordo com a ONU Meio ambiente estima-se que o plástico será o maior desafio ambiental do século XXI, não somente por seus resíduos muitas vezes não reciclado mas também pela demanda da produção e necessidade da humanidade.

Para Fernanda Dalto, gerente de campanhas da ONU Meio ambiente alguns dados ocupam grande parte dessa preocupação, sendo eles:

Estima-se que, todos os anos, cerca de 8 a 13 milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos;

Mais de 40% de todo o plástico produzido durante 150 anos foi usado uma única vez antes do descarte;

De todo o plástico produzido, apenas 9% foi reciclado;

Menos de um quinto da produção foi reaproveitada;

Entre os materiais mais encontrados nos oceanos, estão canudos, sacolas plásticas, redes de pesca, bituca de cigarro, tampinhas;

São produzidas um milhão de garrafas plásticas por minuto.

Com isso, a necessidade de soluções para essa área que impactem positivamente o meio ambiente é fundamental.

Entretanto, há como resolver, a grande questão é que não é o plástico, pois o mesmo demonstra sua necessidade todos os dias em diversas aplicações, mas sim o uso que damos a ele. 

O material plástico ainda possui algumas vantagens que ajuda solucionar esse problema, pois pode ser facilmente reciclado, seu design pode ser manipulado buscando diversos usos para um mesmo objeto e ações podem ser tomadas pelas empresas que os fabricam como o uso de plásticos biodegradáveis ou ações de sustentabilidade.

 

Mesmo com todos esses problemas ambientais que a indústria do plástico enfrenta, não podemos afirmar que essas indústrias não se preocupam com a natureza. É verdade que o plástico, se descartado de maneira errada, apresenta riscos à vida animal e também polui. Entretanto, a empresa que trabalha com plástico tem diversas opções que podem ser tomadas para minimizar o impacto negativo e maximizar o impacto positivo.

Obviamente, para transformar a indústria do plástico será necessário um grande esforço por parte das empresas, já que não basta apenas se dizer sustentável, também é necessário fazer ações realmente efetivas. Essas ações se tornam essenciais para evitar o greenwashing, termo que se refere ao ato de tentar esconder o impacto negativo ao meio ambiente ao invés de fazer uma verdadeira transformação no seu modo de agir.

Por isso, separamos as melhores ideias para você implementar em sua empresa, principalmente se ela for do ramo do plástico:

 

Reciclar

Essa ideia é bem conhecida, mas mesmo assim não é muito pouco aplicada ou incentivada pelas empresas. No ano de 2020, por exemplo, menos de 2% do material foi reciclado no Brasil. Uma atitude simples que as empresas devem fazer é enviar o plástico gerado para a reciclagem e realizar campanhas para ensinar e incentivar seus consumidores a dar o destino correto ao seu produto.

Outra alternativa muito promissora nessa área é a economia circular. Esse conceito consiste em recolher os resíduos sólidos dos seus clientes para assim reutilizar ou reciclar o material. O exemplo mais famoso é o da Coca-Cola Retornável, que é uma ação muito interessante com resultados muito positivos para a comunidade e para a própria empresa.

 

Ecoeficiência

O objetivo de implementar a ecoeficiência é aumentar a rentabilidade, diminuindo a quantidade de matéria-prima utilizada. Para isso é necessário investigar a linha de produção em busca de desperdícios e ineficiências, entender a vida útil do seu produto, minimizar a liberação de substâncias tóxicas, investir em um design mais eficiente, entre outras coisas mais.

A ecoeficiência ajuda a aprimorar seu produto, agregando valor, enquanto minimiza o impacto no meio ambiente. Por conta disso, essa ideia é muito bem vista tanto pelos consumidores, quanto pelos empresários que buscam um diferencial para a sua marca.

 

Ecodesign

Como já foi citado anteriormente, investir no ecodesign é essencial, mas você sabe o porquê?

O ecodesign, ou design sustentável, se baseia em projetar um bem de consumo utilizando menos material e que também seja mais fácil de ser reciclado, tenha uma durabilidade maior, que invista em materiais biodegradáveis e que passem uma mensagem ecológica.

Esse conceito inovador não precisa se limitar apenas ao produto. Ele deve ser utilizado ao projetar e decorar o escritório, a linha de produção e qualquer outra área da indústria. Praticar o ecodesign deve se tornar um hábito para a empresa e seus funcionários, para que mudanças reais aconteçam.

Cuidado com gastos energéticos

Geralmente as indústrias têm um gasto elevado com o uso de energia elétrica, e isso também gera muitos problemas para a natureza. Por isso, é necessário reduzir ao máximo a quantidade de energia utilizada. Isso pode ser feito através de algumas medidas como a verificação da eficiência do maquinário e, se for o caso, substituí-los por máquinas mais eficientes. A empresa também pode investir em fontes de energia mais limpas, como a energia solar, que agridem menos o meio ambiente.

Cuidado com combustíveis fósseis

Outro ponto de atenção para a indústria do plástico é a emissão de gases na atmosfera. Toda empresa desse setor emite o gás carbônico devido à queima de combustível, seja para transportar a matéria-prima/produto com caminhões ou para gerar energia através de geradores.

Infelizmente é inviável deixar de usar esse recurso no Brasil, mas é possível adotar medidas para neutralizar a emissão desses gases. A melhor maneira é com o plantio de mudas de árvores a fim de equilibrar a emissão de gás carbônico por parte da empresa com a absorção desse gás por essas árvores.

Realizando um projeto mais verd

Com isso em mente é importante citar que toda e qualquer medida para minimizar impactos é fundamental, seja com ações socioambientais ou mudanças no dia a dia de uma empresa podem fazer toda a diferença. 

Um exemplo disso é o projeto verde, oferecido pela química Jr. no qual se tem como objetivo a neutralização de gás carbônico emitido na atmosfera, podendo ser adaptado a sua empresa ou evento, além de todo relatório emitido com ações mais verdes e o cálculo de quantas árvores serão necessárias para a compensação gerando atitudes mais sustentáveis além de ser um fator de diferenciação no mercado, já que poucas são adeptas a esse pensamento e a procura por empresas mais verdes só aumenta. 

Ficou interessado para saber mais sobre esse projeto? Entre em contato com a gente e esclareça todas as suas dúvidas! 

Quer saber mais sobre o PV? Acesse já nosso E-book grátis!