Gestão e Desenvolvimento

Senso de Padronização (Seiketsu): Conheça 10 tópicos desse senso para sua empresa

Senso de Padronização (Seiketsu)

Durante as três últimas semanas, a Química Júnior compartilhou com seus leitores sobre os primeiros três ‘S’ da metodologia chinesa 5S. Nessa semana, abordaremos o SEIKETSU,  senso de padronização, também conhecido como senso de saúde/higiene. Bora entender como o senso de padronização pode auxiliar sua empresa a aderir ao lean manufacturing? Mergulhe nessa leitura!

O que é o seiketsu?

Seiketsu é conhecido como senso de padronização. Nele está inserido a implementação de ideias que aumentem a qualidade em geral. Tal qualidade refere-se tanto a aparência física do ambiente, como dos colaboradores de uma empresa ou negócio. Além disso, relaciona-se com o conhecimento das atividades operacionais do sistema, já que precisamos encontrar ou construir sistematizações. Para a padronização, também é importante o cuidado com a aparência e com a saúde.

Abordando o aspecto da saúde, dois pontos são importantes. Sobre a aparência física alguns cuidados com cabelo, barba e unhas são importantes. Roupas e sapatos que condizem com o meio empresarial são necessários para a passagem de credibilidade. Ademais, a saúde física também é importante. Então, um check up geral sempre é recomendado para todos os colaboradores da sua empresa. Entrando em aspectos da mentalidade, separar problemas pessoais com situações empresariais, trabalhar a autoestima e praticar a empatia com seu time são fundamentais e muito importantes para um clima organizacional produtivo.

Empresária cumprindo com os padrões de apresentação

Além disso, é preciso ressaltar a importância de um bom ambiente de trabalho. Com isso, é necessário dizer que implantar uma rotina de limpeza, revisão e manutenção são essenciais. Outro ponto interessante, é analisar com constância os locais onde sujeira se acumula ou também, no caso da existência de equipamentos e máquinas, colocá-los em disposições onde sejam minimizados os resíduos gerados. É interessante construir dentro de um ambiente empresarial, locais com boas condições para manutenção da saúde física e mental dos indivíduos. Um ambiente de trabalho limpo agrega valor até mesmo para a autoestima de quem o frequenta.

Não menos importante, é preciso encontrar no dia a dia de sua equipe ações que sejam executadas com repetição, mesmo que elas sejam diárias, semanais, mensais ou de qualquer outra periodicidade. Nesse cenário, explanar sobre essa moda de seus funcionários é aplicar o senso de padronização, permitindo repetição de bons resultados. Desse modo, seu time consegue criar o hábito de se programar diariamente para as atividades, organizando melhor o tempo e, podendo até mesmo, aproveitar melhor as lacunas para atividades de bem-estar pessoal.

A programação e a preocupação com o tempo são importantes

Pois bem, agora você já entende um pouco mais sobre o senso de padronização. A seguir, você conhecerá uma maneira prática de inseri-lo em sua empresa. Dentre as muitas maneiras, abordaremos agora sobre os POPs (Procedimentos Operacionais Padrão).

POPs: Uma prática do senso de padronização

Os Procedimentos Operacionais Padrão (POPs) são documentos criados dentro de uma organização com intuito de descrever atividades de modo que, qualquer um que leia esse registro, consiga entender e realizar as ações. Nesse sentido, um POP deve ser de fácil leitura e não deve apresentar problemas interpretativos. Esse processo é bastante comum no cotidiano quando nos deparamos em situações de cancelamento de conta, falando com secretárias eletrônicas, bem como com as “robocalls”.

Tais procedimentos padrões conseguem colocar em prática nosso quarto senso e tornam as operações empresariais mais fluidas e cadenciadas, tendo um passo a passo correto. Isso além de possibilitar uma alta regularidade nas ações, também são ferramentas vistas com bons olhos pelos consumidores. Outras vantagens de se adotar a utilização dos POPs são, por exemplo, a economia de tempo e dinheiro, a melhoria da comunicação interna ou a possibilidade de poder responsabilizar os colaboradores de suas faltas.

Fluxogramas são excelentes ferramentas para POPs

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o SEIKETSU e uma maneira de aplicá-lo em seu empreendimento, vamos refletir alguns pontos para serem analisados desse senso?

10 Tópicos a serem pensadas sobre o senso de padronização:

1. Seus colaboradores fazem exames de rotina, ou tem plano de saúde empresarial?
2. Todos da empresa seguem corretamente os protocolos de segurança e utilizando EPIs, quando necessários?
3. Os trabalhadores utilizam roupas adequadas ou uniforme da instituição?
4. O ambiente de trabalho está devidamente organizado e limpo para exercer atividades?
5. Quando necessário, o ambiente possui mapa de riscoSaiba mais! 
6. Prezando sempre o respeito mútuo e a empatia, a equipe possui uma comunicação franca e respeitosa?
7. Seu time cumpre com os horários estabelecidos para trabalho e reuniões?
8. Todos planejam suas atividades diárias para que a utilização do tempo a melhor possível?
9. Existe na sua equipe uma cultura focada em manter o bem-estar e a organização no ambiente de trabalho?
10. Na sua empresa, existe manutenção constante das máquinas e ferramentas?

A padronização exige um ambiente agradável e a formalidade empresarial

O Seiketsu, o lean manufacturing e os primeiros 3 S

senso de padronização tem completa relação com a melhoria contínua e o lean manufacturing. A padronização de atividades, a partir de fragmentação e sequenciamento são muito importantes. Desse modo, pode-se observar com clareza as atividades e, até mesmo, remover ações e otimizar a ordem com que realizamos determinadas operações. Ademais, a padronização está correlacionada com a utilização, com a organização e a limpeza. Acompanhe as relações:

Seiri (Utilização): Para aplicar a padronização é preciso reconhecer a utilização de cada objeto, documento ou arquivo. Além disso, relaciona-se com a manutenção de aparelhagens.

Seiton (Organização): A padronização e a organização possuem 2 laços comuns. O primeiro dele está no organização do tempo, por meio de estabelecimento de rotinas. Outro aspecto interessante é que ambos, um por consequência e outro pela execução, tem como fim a redução do estresse no meio de trabalho.

Seisou (Limpeza): A limpeza de locais é essencial para estabelecimento da padronização, além de possibilitar melhores relacionamentos interpessoais no meio corporativo. Ademais, é clara a preocupação mútua quanto a saúde no ambiente de trabalho.

Nesse cenário, infere-se que a padronização é vital para a manutenção dos sensos anteriores e agrega ainda mais a metodologia 5S a cultura do lean manufacturing. Veja aqui os benefícios do lean manufacturing.

O lean manufacturing é de suma importância para uma empresa

E aí? Ainda está na dúvida sobre a importância do senso de padronização para sua empresa? Confira alguns benefícios que ele pode trazer para sua corporação.

Aumento da Produção: como esse senso prega a melhor forma de executar uma sequência de operações, ao executar atividades seguindo essa ordem, é possível obter uma maior qualidade e velocidade das ações.

Aumento da gestão de recursos: uma boa padronização dos processos de seu empreendimento melhora nos momentos de tomada de decisão, possibilitando identificar áreas que precisam de maior investimento em equipe ou em equipamentos;

Facilita as tarefas dos colaboradores e diminui suas falhas: a temática dos POPs já foi elucidada. Com a utilização dessa ferramenta, é possível elaborar fluxogramas, diagramas que auxiliam na capacitação para as atividades dos colaboradores. Além disso, com essa direção do processo já estabelecida, a uniformidade é atingida e os erros minimizados.

Maior engajamento da equipe: Relaciona-se diretamente com o item acima. Quando os funcionários sabem o que deve ser feito e, enxergam com clareza o por quê de cada etapa, existe uma consequente motivação desses colaboradores que se sentirão mais motivados com a empresa como um todo.

Depois dessa leitura, compreendeu mais sobre o senso de padronização e como ele está inserido no lean manufacturing e na metodologia 5S? Ficou interessado? Entre em contato conosco! A próxima postagem de nosso blog abordará sobre o último, mas não menos importante senso, de autodisciplinaFique ligado no nosso blog!

36 comentários sobre “Senso de Padronização (Seiketsu): Conheça 10 tópicos desse senso para sua empresa

  1. Good day! Would you mind if I share your blog with my myspace group?

    There’s a lot of folks that I think would really enjoy
    your content. Please let me know. Thank you

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *