Meio Ambiente e Vida Sustentável

Por que investir em sustentabilidade nos momentos de crise

 

Momentos de Crise

Durante a história, houveram diversos momentos de crise econômica. Em 1929, devido a um otimismo econômico nos Estados Unidos, as empresas começaram a produzir muitos bens com a esperança de vendê-los, mas não foi o que aconteceu. Nesse ano, então, o mundo sofreu com um dos momentos de maior recessão na história. Durante a década de 1970, o petróleo sofreu variações de preço muito grandes, gerando cinco momentos de crise durante esta década, o que ocorreu por conta da descoberta de que o petróleo não é um recurso renovável, que era recente na época. 

Passados muitos anos, no ano de 2008, os bancos dos Estados Unidos começaram a emprestar dinheiro a juros muito baixos para a população comprar imóveis, sem a necessidade de comprovar que a renda era suficiente para pagar o empréstimo. Assim, a procura por imóveis aumentou, bem como seu preço, o que gerou uma bolha imobiliária no país, que se propagou e tornou-se uma crise econômica de proporções mundiais.

Nos três momentos da história, as empresas precisaram buscar novas alternativas para se reposicionar no mercado, em busca de minimizar os efeitos causados pela crise

Uma boa alternativa para isso é a sustentabilidade, como disse o jornalista ambiental Dal Marcondes: “Sustentabilidade é uma das alternativas mais fortes para a superação da crise econômica!”. 

Mas o que é sustentabilidade?

A sustentabilidade empresarial são as ações tomadas por uma empresa que visam reduzir o impacto gerado ao meio ambiente através de ações que aliam o respeito ao ambiente e a sociedade em que a empresa está inserida com seus objetivos. Ela vem do desenvolvimento tecnológico de indústrias e empresas e, com ela, o crescimento da empresa ocorre beneficiando não só ela mesma, mas também seus colaboradores e clientes também.

A sustentabilidade está cada vez mais sendo discutida no planejamento estratégico das empresas, uma vez que isso pode determinar o seu futuro, já que essa preocupação com os aspectos sociais e ambientais é um fator cada vez mais importante para o consumidor. Além disso, o objetivo de se ter um pensamento mais verde é ter uma cadeia de produção cada vez mais alinhada com ele. Em 2015, uma pesquisa desenvolvida pela Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade (Abraps) mostrou que a maioria das empresas vê a sustentabilidade como uma boa estratégia para evitar desperdícios e reduzir custos em momentos de crise, o que faz com que elas invistam cada vez mais nisso.

Existem várias formas de se aplicar a sustentabilidade no cotidiano de uma empresa e nem todas elas exigem um gasto financeiro. O Centro Sebrae de Sustentabilidade propõe ações comportamentais, como identificar a fonte dos desperdícios e conscientizar os funcionários, que são aplicáveis a qualquer negócio, independentemente de seu porte. Com medidas mais bem desenvolvidas, torna-se possível a elaboração de um relatório que cubra um determinado período de tempo e que leve em conta os mais diversos fatores encontrados anteriormente, de forma a quantificá-los e tornar eles mais visíveis para toda a empresa.

Um exemplo disso é a contabilização de gases de efeito estufa emitidos e a busca por neutralizar essa emissão através de medidas sustentáveis.

Empresas referência em sustentabilidade

Quando falamos de empresas que realizam ações sustentáveis, alguns nomes aparecem em nossa cabeça. As ações tomadas por essas empresas as deixaram como referência hoje em âmbito nacional quando falamos de sustentabilidade empresarial. Olhando para essas ações tomadas pelas empresas podemos enxergar atividades de como tornar sua empresa mais sustentável como um todo.

A Natura Cosméticos investiu em um modelo de desenvolvimento visando a administração dos recursos naturais da Floresta Amazônica, valorizando práticas agrícolas sustentáveis e combatendo o desmatamento na região. Eles fazem parte também do movimento B-Corp, onde empresas do mundo inteiro unem lucro a benefícios socioambientais. Além de 90% de suas fórmulas serem produzidas serem produzidas de ingredientes naturais.

A Unilever, por sua vez, possui um plano de sustentabilidade centrado em saúde, bem-estar, meio ambiente e melhores condições de vida e trabalho. Ressaltando as ações tomadas quanto ao meio ambiente, a Unilever se concentra na redução de emissão dos gases do efeito estufa, bem como um melhor aproveitamento de água, tratamento de resíduos e a utilização de recursos agrícolas sustentáveis.

Quando falamos da Nestlé é interessante citar o compromisso tomado pela empresa de ter reduzido suas emissões de dióxido de carbono em 20% de 2011 até 2020, e também encontrar alternativas de reaproveitamento de resíduos gerados em suas fábricas. A empresa planeja atingir o estado de não emitir resíduos em suas empresas, um fato que pode ser aplaudido é o estado de cinco fábricas no Brasil que já atingiram esse estágio de reaproveitamento total dos resíduos gerados na cadeia de produção.

Podemos olhar essas empresas fazendo muito pelo planeta e ainda sim continuando muito fortes no mercado em que atuam, provando de fato que consegue-se realizar um planejamento sustentável e ainda crescer sua empresa. O Centro Sebrae de Sustentabilidade trabalha para demonstrar que mesmo pequenos negócios conseguem investir em soluções inovadoras, e que a sustentabilidade pode ser aplicada a esses negócios, consequentemente gerando menores impactos ambientais e ser mais rentável, conseguindo contribuir assim para um desenvolvimento social mais justo.

Ações Sustentáveis que podem ser tomadas na sua empresa

Em 2015 a Organização das Nações Unidas definiu um plano de ações globais denominado Agenda 2030, essa Agenda é composta por 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas. Essas ODS visam a sustentabilidade por meio dos 5 Ps: 

  • Pessoas – erradicar a pobreza e a fome de todas as maneiras, garantindo a dignidade e a igualdade; 
  • Prosperidade – garantir vidas prósperas e plenas em harmonia com a natureza; 
  • Planeta – proteger os recursos naturais e o clima de nosso planeta para as gerações futuras; 
  • Paz – promover sociedades pacíficas, justas e inclusivas e; 
  • Parcerias – implementar a agenda por meio de uma parceria global sólida.

Podemos olhar que o mundo está se voltando para um crescimento sustentável e não podemos mais olhar de lado quando analisamos essas questões. E aí vai deixar sua empresa de fora?

Plantio de Mudas em Américo Brasiliense
Plantio de mudas em Américo Brasiliense

Olhando as empresas que são referência em sustentabilidade no Brasil podemos ver sempre pontos em comum quanto a suas ações relacionadas à sustentabilidade ambiental, em todos os casos as empresas prezam na redução de suas emissões de carbono e na preocupação com resíduos gerados por seus processos produtivos. São nesses pontos que a Química Jr. pode ajudar imensamente seu negócio a dar o primeiro passo ou até se destacar ainda mais como uma empresa sustentável.

O Projeto Verde tem como objetivo realizar todo um levantamento da emissões de carbono geradas por sua empresa e por meio de compensação de emissões de CO2 por meio de plantio de árvores, ajudando sua empresa assim a caminhar em direção a ser carbono zero.

Alinhado aos pontos das empresas referência em sustentabilidade a Química Jr. possui também o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos ( PRGS), conseguindo trazer à sua empresa adequação ao órgão fiscalizador, controle e prevenção dos impactos ambientais gerados pela destinação inadequada dos resíduos, aumento da organização do espaço, potencializada pelas indicações de melhor localização, armazenamento e periodicidade de coleta de determinados resíduos e melhora da visibilidade da empresa no mercado, vinculada diretamente ao Marketing verde, decorrente da boa gestão ambiental adotada.

Os comentários estão fechados.