Gestão e Desenvolvimento

Como se tornar uma empresa unicórnio?

Mas o que é uma empresa unicórnio? 

Esse termo surgiu no ano de 2013 quando Aillen Lee, fundador da Cowboy Ventures, descreveu empresas valorizadas em aproximadamente 1 bilhão de dólares sem ter seu capital na bolsa de valores. Além do termo empresa unicórnio, existe o termo startup unicórnio, tal qual foi denominado pela pequena quantidade desse tipo de empresas e a dificuldade na valorização para ingressar no mercado. 

Pode-se observar alguns pontos em comum entre as startups unicórnio, será esse o segredo para o sucesso? Pois bem, vamos analisá-los:

  • Inovação: Buscar sempre maneiras de inovar o mercado e melhorar os produtos, sendo assim, um diferencial para os clientes, uma experiência única. Consequentemente, tornam-se pioneiras no ramo, criando uma posição de vantagem em relação aos concorrentes.
  • Investimento em tecnologia: Nos dias atuais, a tecnologia está inserida diretamente na nossa realidade, assim, o investimento de capital em tecnologia (apesar de não ser obrigatório) é um grande passo para a empresa se tornar um unicórnio.
  • Redes sociais: Existem milhares de perfis em redes sociais como instagram, facebook, twitter. Assim, utilizar diversas formas de comunicação para atingir o seu público alvo de maneira assertiva.
  • Cliente: importantíssimo para as startups unicórnio, é entender e sanar as dores de seu cliente, seu produto ou serviço é pensado inteiramente na experiência e acessibilidade.
  • Foco em seus princípios: Aquela percepção de que só se pode crescer abandonando sua integridade, não faz parte da realidade das startups unicórnio, aqui o foco é no propósito e bons princípios, gerando melhores resultados.
  • Foco em resultados: Direcionar-se para os resultados de entregas.
  • Universidade: 90% dos fundadores de startups unicórnio tem um passado em comum nas universidades.

Um ponto interessante a ser enfatizado, é o papel da universidade no empreendedorismo. Atualmente, seis startups brasileiras já atingiram o valor de  bilhão de dólares, logo, podendo ser consideradas startups unicórnios, as quais podemos citar, 99, Nubank, iFood, Gympass, Stone Pagamentos e Arco Educação. Das  16 pessoas fundadoras, mais da metade é formada em universidades públicas( nesse caso, temos 10 deles que são formados na USP). Mas qual a relação das universidades com o empreendedorismo?

Entre 2016 e 2017 a USP foi considerada a universidade mais empreendedora do país. O motivo alterna entre, empresas juniores, disciplinas e cursos, bolsas para estruturação de novos negócios etc, são exemplos de como estimulam o desenvolvimento de ideias inovadoras. Além disso, devemos lembrar dos pilares da universidade pública “Pesquisa, o ensino e a ação conjunta a comunidade”, então, além dos pontos que citamos anteriormente, também temos um ambiente de pesquisa, onde cientistas buscam constantemente por novas soluções, um papel muito importante.

Pois bem, mas a USP não é a única universidade com ações voltadas para o empreendedorismo em busca de inovações, no Brasil, temos mais de 900 empresas juniores, em aproximadamente 110 universidades, abrangendo mais de 22 mil jovens estudantes para conhecerem o empreendedorismo e buscarem inovações para o país. ( Dados da Brasil Junior https://brasiljunior.org.br/)

Então, as universidades públicas têm um papel muito importante na formação de novos empreendedores, é o lugar para aproveitar oportunidades, adquirir conhecimento, conhecer novas pessoas e ter um desenvolvimento pessoal admirador.

Principais características e exemplos de unicórnio pelo mundo

É muito difícil estabelecer um padrão para que uma empresa atinja o nível de unicórnio, já que existem diferentes variáveis de acordo com a realidade de cada uma. Entretanto, podemos listar alguns fatores em comum entre elas.

Por se tratar de um investimento menor, se comparado a uma propaganda televisiva, e por atingir diretamente o público desejado, as redes sociais mostram-se cada vez mais presentes como forma de divulgação dessas empresas. Além disso, elas possuem uma grande diversidade em termos de cultura e formação de seus colaboradores, o que contribui fortemente para a formação de ideias novas e revolucionárias, que ajudam as unicórnios a inovarem constantemente. Também podemos falar da valorização da criatividade e do talento de seus funcionários. Essa, aliada ao multiculturalismo e à multidisciplinaridade, colabora para a internacionalização da marca e para a estratégia de “get big fast”, que consiste na maior aceleração possível do crescimento dessas empresas. 

A imagem mostra a cabeça de um unicórnio rosa dentro de um gráfico, com pontos que se ligam de seu pescoço até a ponta do seu chifre.

Devemos lembrar que os unicórnios nascem com uma mentalidade de serem globais e que elas possuem o cliente como foco principal. A Uber, por exemplo, visa, principalmente, a experiência do cliente em vez do produto em si. Com isso, ela garante uma fidelização de seus usuários, aumentando em 318% seu faturamento mundial entre 2016 e 2018. Outro exemplo é a Epic Games, plataforma online de jogos. Ainda pensando no cliente, essa oferece, semanalmente, grandes títulos de forma gratuita aos seus usuários, o que, em 2020, atraiu cerca de 160 milhões de jogadores para a empresa, segundo seu relatório anual de 2020. Com cada vez mais jogos sendo disponibilizados, a Epic Games conseguiu um total de 700 milhões de dólares com a venda de jogos na plataforma.

Empresas juniores estão aqui para te ajudar.

Empresas juniores são formadas única e exclusivamente por estudantes universitários das suas respectivas Instituições de Ensino Superior (IES). Além disso, possuem um excelente custo-benefício, já que os preços praticados são inferiores aos do  mercado, visto que todo o lucro obtido é reinvestido em seus membros na forma de educação empreendedora e na área de atuação dos futuros profissionais, além de servirem para custear os gastos necessários para a execução dos projetos oferecidos.

A imagem de fundo azul mostra, em primeiro plano, um formando cercado de balões e objetos que lembram o ambiente acadêmico, como um lápis, um livro e um compasso

Também, as empresas juniores, por terem um vínculo direto com suas IES, possuem uma grande infraestrutura. A Química Júnior está localizada dentro do Instituto de Química da UNESP de Araraquara, que é reconhecido internacionalmente por ser referência na América Latina devido aos seus laboratórios e equipamentos de ponta. Contamos, também, com seu corpo docente, altamente qualificado e experiente nas mais diversas áreas de pesquisa, que nos auxiliam na elaboração e desenvolvimento de projetos. Com isso, garantimos aos nossos clientes soluções personalizadas com um grande suporte científico e que, graças à nossa capacidade de inovação, alavancam seus resultados

Ao contratar a Química Júnior, sua empresa, além de obter melhorias para si mesma, contribui para a formação universitária de seus membros e para uma sociedade cada vez mais empreendedora e impactada pela universidade pública. Dentro das salas de aula, aprendemos o conteúdo teórico, mas é na empresa júnior que conseguimos trazer resultados práticos e devolver à sociedade o investimento feito em nós. De nada serve o conhecimento se ele for restrito ao ambiente acadêmico e, com nossos projetos, conseguimos aplicar a teoria à realidade de nossos clientes e gerar um impacto muito positivo, trazendo sempre inovações e ciência de ponta.

Quer saber mais?

Temos vários conteúdos relacionados com os empreendedorismo, e alguns E-books que podem ser do seu interesse!

E-book 5S Digital

E-book PV

E-book 5S