Meio Ambiente e Vida Sustentável

Como as ISOs podem ajudar sua empresa a ser mais sustentável

Como as ISOs podem ajudar sua empresa a ser mais sustentável

Você sabe o que é ISO 14000 e quais empresas são certificadas com elas? Saiba que a maior parte das empresas das quais você é consumidor são certificadas por elas por seu compromisso com a sustentabilidade! Venha entender mais sobre esse conceito e, por que não, implementar ele na sua empresa!

Antes de começarmos, tenho uma dica especial para você que se interessa em sustentabilidade e estratégias para reduzir a emissão de carbono no planeta. A Química Jr. desenvolveu um e-book completo e gratuito sobre o nosso Projeto Verde, que trabalha a neutralização de carbono. Acesse e garanta logo o seu!

História das ISOS

Tenho certeza que já leu em algum lugar o termo “ISO”, ou já ouviu comentarem sobre na empresa em que trabalha, certo? Mas você tem ideia de como e por quê surgiram as ISO?

Com a necessidade do novo mundo em ter normas e padrões estabelecidos para manufatura, ciência, segurança, comércio, qualidade e meio ambiente, em 1926, foi criada a Federação Internacional das Associações Nacionais, ou mais conhecida como ISA, em Nova York. Em 1946, depois de terem suas operações suspensas pela Segunda Guerra Mundial, se juntou ao Comitê Coordenador de Padronização das Nações Unidas (UNSCC) para criar um órgão de padronização global.

Para esse evento acontecer, foi realizada uma reunião com representantes de 25 países, no Instituto de Engenheiros Civis, em Londres. No ano seguinte, em Genebra, Suíça, a organização International Organization for Standardization (ISO) foi construída e começou a funcionar. Hoje em dia, cerca de 160 países são associados à ISO e no Brasil a representante na ISO é a ABNT.

ISOS e o meio ambiente

O que são as ISOS?

A Organização Internacional para Padronização, é comumente conhecida pelo termo ISO. Este nome vem do grego e tem como significado igualdade, essa denominação não é uma sigla, e é justamente para reaprovar o fato de ser uma organização igual em qualquer lugar do mundo. 

Consoante a isso, a ISO é uma ordem não governamental que tem como objetivo sugerir normas e padrões, em consenso de distintos países, para uniformizar métodos, materiais, medidas e o uso em várias áreas de atuação. Ademais, esta organização é dividida em 3 tipos de classificação: normas de procedimento, normas técnicas e classificações.

No Brasil, pela ABNT, as normas técnicas são a principal área, como exemplo as normas de tamanho de moedas e notas. Já as classificações podem ser divididas em códigos de cada país e, por fim, as normas de procedimento como exemplo mais famoso temos a ISO 9000, norma de gestão de qualidade, e a ISO 14000, norma de gestão ambiental e sustentabilidade.

ISOs 14000

Dentre todas as ISOS, uma das mais importantes e faladas no momento são as 14000. Voltadas à padronização e normas do meio ambiente, estas são conhecidas pela ISO como Sistema de Gestão Ambiental (SGA). A sequência de ISO 14000 foi criada depois da Eco-92, sendo capaz de padronizar os procedimentos ambientais a nível mundial. Além disso, para conseguir um certificado ISO 14000, a empresa tem que cumprir com as leis de sustentabilidade ambiental do seu país. 

Ainda assim, esse conjunto de normas tem como objetivo corroborar com as empresas a alcançarem um desempenho ambiental e diminuir efeitos de suas práticas, favorecer o comércio eliminando obstáculos das exigências sustentáveis e, também, promover uma abordagem internacional sobre a gestão ambiental e sustentabilidade dos produtos.

O conjunto de normas ISO 14000 são:

  • ISO 14001: é sobre o Sistema de Gestão Ambiental (SGA);
  • ISO 14004: é sobre o SGA no uso interno da empresa;
  • ISO 14010: são normas sobre Auditorias Ambientais, que asseguram a segurança a todo processo de certificação ambiental;
  • ISO 14031: são normas sobre Desempenho Ambiental, que estabelecem diretrizes para medição, análise e definição;
  • ISO 14020: são normas sobre Rotulagem Ambiental,  que estabelecem orientações nos rótulos que ressaltem as características ambientais do produto;
  • ISO 14040: são normas sobre a Análise do Ciclo de Vida, que estabelecem analisam o impacto causado pelos produtos, processos e serviços desde a extração da matéria prima até a disposição final;
  • ISO 14064: é sobre a quantificação e elaboração de relatórios de emissões e remoções de gases do efeito estufa, que orienta projetos de GEE.

 

Por que adotar as ISO 14000 

A preocupação com a preservação do meio ambiente está cada vez mais dentre os fatores mais relevantes na hora da compra por parte dos consumidores. Ao utilizar a certificação ISO 14000 empresas agregam valor à marca e aos produtos e serviços, pois confirma seu comprometimento com o meio ambiente. Dessa forma, o Sistema de Gestão Ambiental (SGA) auxilia as empresas a organizar iniciativas assertivas que atendam às crescentes expectativas de desempenho junto à sustentabilidade.

Além disso, as normas ISO 14000 oferecem diversos benefícios às empresas, tais como: minimização dos impactos ambientais; garantia de cumprimento de legislação ambiental e regulamentos; redução de riscos com multas, indenizações; e em muitos casos há também ganhos econômicos frente a usos mais consciente de recursos hídricos e energia elétrica, o que acabam por gerar redução de custos.

Fumaças poluentes do meio ambiente

Empresas que implementaram as ISOS 14000 e os resultados positivos

 A implementação de Sistema de Gestão Ambiental (SGA) em processos de manufatura de produtos e serviços, tem ganhado cada vez mais importância e destaque no meio empresarial. De uma forma geral, a variáveis sustentabilidade e meio ambiente vem se tornando cada vez mais uma ferramenta de competitividade das empresas, fazendo com que gestores e tomadores de decisões compreendam sua relevância como um diferencial no mercado, sobretudo no comércio internacional. Além disso, adotar culturas ambientais aumentam a fidelização de clientes, seu reconhecimento pela sociedade e contribuem para redução de custos nos processos.

A adoção de normas da série ISO 14000 estão presentes em empresas de diferentes setores do mercado, como por exemplo: a Klabin, líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais; a Cia. Cervejaria Brahma, uma das maiores empresas nacionais do setor alimentício, atua na fabricação, distribuição e comercialização de cervejas e refrigerantes; e a OPP Petroquímica /Polietilenos S.A, produtora de Polipropileno, compostos de Polipropileno dentre outros. 

A ISO 14064

Um número crescente de organizações vêm buscando monitorar e melhorar o gerenciamento de suas emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). Para tal, a norma ISO 14064 fornece uma série de diretrizes técnicas com princípios e requisitos para desenvolver, relatar e gerenciar inventários para os sete gases reconhecidos internacionalmente pelo Protocolo de Quioto como GEE (CO2, CH4, N2O, SF6, NF3, HFC e PFC). No caso dos Inventários, trata-se do primeiro passo para que uma organização possa contribuir para o combate às mudanças climáticas. A partir dele, conhece-se o perfil das emissões e, com isso, torna-se possível planejar ações e estratégias de sustentabilidade para redução e/ou compensação das mesmas.


pessoa segurando uma placa redonda, fazendo referência a placa de pare, com CO2  escrito

O Projeto Verde (PV) da Química Júnior atua na compensação da emissão de GEE, em termos de toneladas de CO2 equivalente, através de reflorestamento. Para o desenvolvimento desse serviço é utilizada a ferramenta GHG Protocol, que é hoje o método mais usado mundialmente pelas empresas e governos para a realização de inventários de GEE. Por meio dessa ferramenta é possível entender, quantificar e gerenciar a emissões GEE de acordo com os três escopos especificados no inventário: Escopo 1 (emissões diretas); Escopo 2 (Emissões Indiretas proveniente de compra de energia, calor e vapor) e Escopo 3 (outras emissões indiretas) (Acesse o Ebook do PV para saber mais sobre todas as etapas que envolvem o Projeto Verde).

Projeto verde e o meio ambiente

 

Gostou? Tem alguma dúvida? Fale conosco!

Implementando projetos que envolvam ações sustentáveis, é possível que seu empreendimento atraia novos investimentos, consiga oportunidades de negócios com grandes clientes engajados em projetos ecológicos, além de planejar seus processos de forma a garantir maior eficiência econômica e energética. Para conhecer mais sobre o Projeto Verde (PV) da Química Júnior e saber como ele pode impactar positivamente sua empresa, se destacando no mercado, entre em contato com a gente!

Os comentários estão fechados.